A IMPORTÂNCIA DA ASSESSORIA DE IMPRENSA NA COMUNICAÇÃO POLÍTICA FOI TEMA DA PALESTRA OFRECIDADA PELO ILP NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA.

O evento foi ministrado pela jornalista Letícia Jaques, que possui extensa experiência na área. 23/06/2021 14:12 | on-line | Rafael Ferreira de Sousa

Compartilhar:

A jornalista Letícia conceituando o que é Notícia<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/L-06-2021/fg269513.png' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Letícia apresentou as ferramentas de um assessor<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/L-06-2021/fg269514.png' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> A analista legislativa Paula Schneider acompanhou oevento<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/L-06-2021/fg269515.png' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Com o objetivo de esclarecer a importância do trabalho do assessor de imprensa como agente construtor de elos entre o agente público e o cidadão, o ILP recebeu, na última quinta-feira, dia 17 de junho, a jornalista política Letícia Jaques para abordar o assunto. A palestra foi mediada e apresentada pela analista legislativa do Instituto, Paula Schneider, e foi transmitida pelo canal oficial do ILP no YouTube.

Após a contextualização de Schneider, Letícia iniciou a sua fala conceituando o termo "notícia", que, embora muito recorrente no nosso vocabulário do dia a dia, não é muito explorado. Segundo a jornalista, podemos entender por notícia todo fato que é necessariamente relevante e que possui como objetivo manter a sociedade informada. Dada a conceituação, a palestrante pôde explicar o processo de criação do vínculo entre mídia e política que, no Brasil, teve como ponto de partida a proclamação da República. A partir deste acontecimento, a integração dessas duas esferas vem se intensificando até os dias de hoje, nos quais os meios de comunicação passaram a ser a principal ferramenta para a consolidação de uma imagem política.

Outro fato importante trazido por Jaques é a crescente desconfiança da sociedade para com os meios de comunicação. Tal descrédito que os veículos de informação estão sofrendo, segundo as palavras da conferencista, se dá por conta do papel que as fake news vem desempenhando atualmente. De acordo com estudo global do Edelman Trust Barometer, utilizado na palestra, apenas 48% das pessoas acham que as notícias trazidas pela mídia possuem confiabilidade. O estudo foi feito com 33 mil pessoas de 28 países diferentes.

Sobre o papel da assessoria de imprensa, a palestrante declarou que ele é responsável pelo relacionamento do agente público para com a mídia, criando, assim, uma ponte entre este e a sociedade. De acordo com Letícia, o objetivo desse tipo de relação é o alcance da mídia espontânea, em outras palavras, que não necessite de patrocínio, tendo mais alcance e credibilidade.

Terminada a conceituação, Jaques falou sobre as principais ferramentas de um assessor, que visam justamente garantir a construção e manutenção de uma imagem positiva do agente público. O gerenciamento de crises ocasionais também foi abordado, destacando a importância do assessor no monitoramento das redes sociais em caso de fake news e sempre partindo do princípio de que tais crises devem ser sempre evitadas. Para isso, o media training, que nada mais é do que um constante treinamento para que o assessorado saiba lidar com a imprensa nas mais diversas situações, deve ser levado a sério.

Letícia Jaques encerrou a sua exposição afirmando que o indivíduo assessorado deve ser sempre fiel a si mesmo, tendo a assessoria de imprensa o papel de direcionar a sua imagem para o público alvo correto e de maneira coerente. Para conferir a palestra na íntegra, acesse https://www.youtube.com/watch?v=eNIm6yb5mPM .