Projeto de lei promove a adoção de animais no Estado


18/07/2018 18:45 | Agora é lei | Da Redação

Compartilhar:

Imagem ilustrativa (fonte: Freepik)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2018/fg226166.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Uma proposta, aprovada na Assembleia Legislativa no início de junho, e sancionada pelo governador do Estado nesta semana, obriga os pet shops, as clínicas e os hospitais veterinários a colocarem cartazes que incentivam a adoção de animais.

O texto prevê que o cartaz seja apresentado de forma clara e visível ao público, com o nome da ONG ou entidade responsável pelo animal, telefone e email para contato e informações de conscientização sobre a importância da guarda responsável. Os animais só poderão ser colocados para a adoção se estiverem devidamente vacinados e vermifugados. "O objetivo da medida é evitar o abandono de cães e gatos", explica o autor do projeto, deputado Gil Lancaster (PSB).

A veterinária gaúcha Cristina Kraemer explica que as principais causas do abandono estão ligadas a falta de conhecimento sobre as necessidades do animal. "É importante esclarecer que, mesmo os animais de raça acabam sendo abandonados por possuir vulnerabilidade para determinadas doenças. Acredito que a nova lei vem para agregar, já que influencia as famílias a adotar em vez de comprar um filhote. Com mais informações podemos facilitar e motivar a adoção", disse.

Em 2015, Luisa Mell fundou uma ONG para resgatar cachorros e gatos abandonados. Atualmente, ela mantém um abrigo com cerca de 300 bichinhos resgatados das ruas. Ela foi homenageada pelo legislativo estadual em maio passado, quando recebeu o Colar de Honra ao Mérito Legislativo. "O abandono de animais é um problema de saúde pública. Temos leis boas no Estado, mas é preciso haver um órgão específico que fiscalize e as torne efetivas. Somos milhares de ativistas e conseguimos coibir crimes por meio da união de pessoas que acreditam nessa causa", disse.

Feira de adoção

Na Divisão de Vigilância de Zoonoses de São Paulo (DVZ) há muitos cães e gatos disponíveis para adoção. Todos os animais são vacinados, castrados e vermifugados.

Os interessados passarão por uma entrevista com funcionários e receberão orientações sobre o animal escolhido. É necessário levar coleira e guia para adotar cães e caixa de transporte para adotar gatos.

As adoções acontecem na DVZ " Rua Santa Eulália, 86 - Santana, de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados das 9h às 15h, exceto feriados. Para mais informações: (11) 3397-8900.